Não importa se você é diretor de arte, redator, social media, fotógrafo ou produtor audiovisual. Em algum momento na sua carreira você vai precisar de um portfólio.

O portfólio é uma maneira de você apresentar o seu trabalho. Pode ser pra conquistar aquele freela ou até mesmo pra conseguir um emprego em uma agência, produtora ou empresa. Nele você apresenta os seus melhores projetos, suas competências, qualificações e até suas experiências na área. É um documento super importante pra qualquer profissional criativo!

Calma! Se você ainda não tem o seu próprio, não fica preocupado que hoje nós vamos dar algumas dicas pra montar um portfólio super bacana e se destacar no meio dos outros.

1. Criatividade e referências.
A primeira regra é: como um bom publicitário, sempre utilize a sua criatividade e as suas técnicas de persuasão. É muito importante dedicar o seu tempo para escolher os seus melhores trabalhos, mas também é essencial que você pense na maneira que vai apresentar esse conteúdo. É preciso convencer a pessoa que está vendo o seu portfólio que você é capaz de realizar um bom trabalho. Se estiver se sentindo perdido, você pode começar procurando inspirações em plataformas como o Behance ou Pinterest.

2. Entenda o seu objetivo.
Além de pensar na forma em que apresentará os seus projetos, defina qual é o seu objetivo: você está procurando um trabalho em agência, em uma empresa ou é uma apresentação dos seus freelas para um cliente? No caso de um processo seletivo pra uma vaga de emprego, defina a área: redação, direção de arte, audiovisual, social media, criação ou qualquer outra que tenha a ver com as suas habilidades. Quando você sabe o seu objetivo final é mais fácil entender qual linguagem utilizar e também de deixar claro o que você está buscando.

3. Simplicidade é tudo.
Criar o seu portfólio é argumentar. Então construa seu pensamento de maneira clara, sem utilizar palavras muito difíceis. Escolha uma fonte que facilite a leitura do recrutador ou do cliente e faça um bom uso das cores, sempre mantendo um design limpo e agradável para quem está lendo.
Se precisar de ajuda para escolher as paletas de cores, utilize sites como o Adobe Color, Palettable ou ColorFavs.

Viu que nem só trabalhos bons são importantes? Fazer boas escolhas de cores e linguagem, ter objetivos bem definidos e utilizar a criatividade são diferencias que darão um up no seu portfólio. Esperamos que essas dicas facilitem o seu trabalho de desenvolver um bom portfólio.

Se você curtiu esse conteúdo, conta pra gente nos comentários.