Você tem perfil para trabalhar com publicidade e propaganda?

Se ao ouvir uma pessoa dizer que é publicitária você já pensa automaticamente em alguém com um estilo despojado e alternativo, várias tatuagens e que passa o dia jogando videogame no ambiente de trabalho, saiba que sua visão pode ser bastante estereotipada. 

Trabalhar com propaganda vai muito além de exercitar sua criatividade o dia todo enquanto escuta músicas no fone de ouvido e toma café. Quer ver? Nós separamos a seguir alguns tópicos com características extremamente importantes para quem pretende seguir essa carreira. 

 

Mente aberta 

Antes de mais nada, quem quer seguir na área da publicidade precisa sempre estar se questionando acerca de seus pensamentos e procurando se desconstruir todos os dias. É claro que ninguém é perfeito ao ponto de não fazer nenhum juízo de valor com nenhuma questão. Mas, o que difere um bom profissional de um mau profissional de propaganda é justamente saber questionar seus pontos de vista e identificar preconceitos para que eles não atrapalhem o desenvolvimento de um projeto. 

Trabalhando com propaganda você pode se deparar com os mais diversos tipos de clientes de variados segmentos, ou seja: é necessário ter a mente aberta para criar para públicos diferentes, de acordo com o que seu cliente precisa e não com suas opiniões pessoais, e estar apto para admitir que, nem sempre a ideia que você teve ontem vai ser adequada amanhã. 

Estar sempre atualizado 

Para ser capaz de se desconstruir todos os dias, é necessário estar a par das mudanças que estão acontecendo na sociedade como um todo. Por isso, quem vive de publicidade precisa estar sempre muito bem informado. Isso porque não é suficiente conhecer apenas seus clientes, mas o mercado de uma forma geral: a concorrência, as referências, as oportunidades e as chances de dar errado também. Afinal, para criar para um público é necessário conhecê-lo, e para isso, é preciso estar aberto ao diálogo e à pesquisa. O que implica, na maioria das vezes, em sair da sua bolha e explorar novas culturas, ideias e contextos, assim como citamos no tópico acima.  

Além disso, é importante que o profissional de publicidade também esteja sempre de olho nas tendências das mídias e na tecnologia de uma forma geral: desde as novas ferramentas do Instagram até a lista de quem chegou à final na última edição do Big Brother Brasil. A verdade é que na propaganda, informação nunca é demais.  

 Organização 

Este tópico pode ser considerado mais um conselho do que uma regra: lidar com diferentes clientes e prazos curtos, ao mesmo tempo, não é uma tarefa fácil. E é pior ainda quando não existe organização, porque as chances de algo dar errado são enormes. Por isso, é recomendado que um profissional dessa área, independente do setor de atuação, seja organizado quanto às suas demandas.  

Além disso, existem algumas outras competências que podem ser muito úteis no dia a dia de quem trabalha com propaganda, e se você quiser saber mais sobre esse assunto, basta clicar aqui para ler nosso último post que traz 5 mitos e verdades sobre o profissional de publicidade. 

 Ter (muita) disposição 

Ao contrário do que muitos pensam, trabalhar com publicidade não é só sombra e água fresca – na verdade, essa ideia já caiu por terra há muito tempo. Para se dar bem na propaganda é preciso ter muito jogo de cintura e, principalmente, muita disposição para aprender, se informar e trabalhar, é claro. 

Por isso, já avisamos: esteja preparado para estudar muito e passar horas quebrando a cabeça com projetos. Ter criatividade significa ser capaz de inovar e ter boas ideias, e para isso, definitivamente é necessário estar muito disposto. O processo de criação e o fluxo de trabalho de cada um varia muito, mas uma coisa é certa: pesquisar, planejar e criar são coisas que demandam bastante tempo e, principalmente, dedicação. 

Consumir os mais diversos tipos de conteúdo 

Por incrível que pareça, ser amante de séries, livros, filmes ou música pode, e vai, ajudar muito se você pretende seguir carreira na publicidade. É muito comum que os profissionais da área sejam apaixonados pela arte e pelo entretenimento como um todo, e isso costuma ser um ótimo sinal.  

A arte é uma forma de comunicação. O que, por si só, já faz com que ela seja considerada de extrema relevância para a nossa área. Mas, muito mais que isso, ela também pode funcionar como uma “mãozinha” na hora da pesquisa por referências. Muitas campanhas publicitárias foram criadas com base nos mínimos detalhes dos mais diversos tipos de referências e você provavelmente nem sabe disso. É porque para um publicitário tudo pode ser inspiração, desde uma paisagem até a trilha sonora de uma novela. Por isso, tá liberado pegar a sua pipoca e assistir mais um episódio daquela série agora, mas só se sua agenda estiver em dia, risos.


Foto em destaque por Joshua Earle on Unsplash